Carregando...
 
id da página: 10527 PROCESSO DE CRIAÇÃO DO GRANDE UNIVERSO
CRIAÇÃO DO MUNDO — PROCESSO DE CRIAÇÃO DO GRANDE UNIVERSO

Sucessão do processo de criação

  • Ciclo externo
    • Sóis-de-segunda-ordem
    • Atualizados os novos Sóis e as leis fundamentais funcionando.
      • Neles começam a ser transformados e irradiados seus resultados
      • Juntam-se às emanações provenientes do Mui Mui Santo Sol Absoluto no espaço do Universo
      • Tornam-se fatores para atualização do processo fundamental cósmico-comum da sagrada lei do Triamazikamno
        • O Mui Mui Santo Theomertmalogos começa a se manifestar na qualidade de terceira santa força do sagrado Triamazikamno
        • Os resultados de qualquer dos recém surgidos Sóis-de-segunda-ordem começam a servir de primeira força
        • Os resultados de todos os outros recém surgidos Sóis-de-segunda-ordem em relação ao Sol mencionado, agem como segunda santa força desta lei sagrada.
    • Sóis-de-terceira-ordem
      • Estabelecido o processo do sagrado cósmico-comum Triamazikamno, cristalizações de diferentes "densidades" começam a se formar ao redor de cada Sol-de-segunda-ordem, a partir da fonte-primária Etherokrilno; agrupando-se em volta dos Sóis recém surgidos, novas concentrações tomam forma
        • Concentrações cósmicas ora denominadas Planetas.
  • Ciclo interno
    • Começa após a formação dos Sóis-de-terceira-ordem, quando o momentum do processo integral fundamental perde metade de sua força de vivificação
    • Metade da sua força de vivificação se dirige para o exterior, e a outra metade se volta para o interior, para seu próprio funcionamento
    • Nos Sóis-de-terceira-ordem começam a surgir "similaridades-ao-já-surgido"
    • Condições circundantes de efetuações se estabelecem por toda parte, correspondentes à manifestação da segunda particularidade do quinto Stopinder do Heptaparaparshinokh sagrado fundamental, portanto doravante a efetuação do ciclo exterior do sagrado Heptaparaparshinokh cessa, e toda ação de seu funcionamento adentra para sempre nos resultados já manifestados por ele, e nestes resultados começam a se proceder os inerentes processos permanentes de transformação, denominados "evolução" e "involução".
    • E então, graças a uma lei cósmica de segundo-grau, chamada "Litsvrtsi", ou a "agregação do homogêneo", começam a ser agrupados nos planetas eles mesmos, das mencionadas "relativamente independentes", novas formações denominadas "similaridades-ao-já-surgido", ou seja outras formações "relativamente independentes".
    • Graças aos processos de "evolução" e de "involução" inerentes ao sagrado Heptaparaparshinokh, começam a ser cristalizados e descristalizados nas presenças de todas as concentrações cósmicas, todas as espécies de substâncias cósmicas definidas com suas propriedades subjetivas inerentes, que a ciência objetiva denomina "elementos ativos".
    • Todos os resultados da "evolução" e "involução" destes elementos ativos, atualizando o princípio de existência Trogoautoegocrático de tudo existente no Universo, por meio da alimentação recíproca e manutenção mútua das existências, produz o chamado processo cósmico-comum «Iraniranumange», que a ciência objetiva denomina "troca-cósmica-comum-de-substâncias".
    • Assim, se estabelece este novo sistema de alimentação recíproca de tudo que existe no Universo o Sistema Trogoautoegocrático.

Dispositivos móveis

Online Users

1 usuário on-line

Responsável

Murilo Cardoso de Castro
Doutor em Filosofia, UFRJ (2005)
Mostrar mensagens de erro do PHP